Estruturas e Formas do Planeta Terra

O Planeta Terra é o nosso lar, é a morada de uma infinidade de seres vivos. Tanto os seres humanos como os animais de maior porte e até minúsculas, ou microscópicas criaturas, dependem do Planeta Terra para viver. O nosso planeta não é um ser inanimado ele é dinâmico, se movimenta se transforma e re-transforma. É um gigante com forças incalculáveis mas ao mesmo tempo muito frágil na conservação  dos benefícios que disponibiliza aos seres vivos, sejam animais ou vegetais.  O Planeta é formado por três elementos, os sólidos, os líquidos e os gasosos, os materiais sólidos existentes na Terra formam a Litosfera, os líquidos (água) formam a Hidrosfera, e todos os gases formam  a Atmosfera. A interação que há entre eles é que possibilita o surgimento e a sobrevivência dos seres animais e vegetais e estes formam a Biosfera ou (Esfera da Vida).

As Três Esferas Terrestres

Estado da Matéria
Temperatura
(limite)
Composição
(predomínio)
Litosfera
Sólido
(terra, rochas)
Cerca de 700 ºC
Materiais pesados: ferro, silício, magnésio e outros
Hidrosfera
Líquido
(água)
Cerca de
100 °C
Materiais leves: hidrogênio e oxigênio
Atmosfera
Gasoso
( ar )
Cerca de
50 °C
Materiais leves: hidrogênio, oxigênio, nitrogênio e outros
A temperatura Limite é até onde os materiais conservam sua forma natural. O sólido se mantém até os 700 graus a partir daí começam a se transformar, fracionar-se, derreter. No caso da hidrosfera, a água se mantém  de 1 a 99° graus, aos 100 começa a ferver e a partir daí vai se transformando em cases, quando a temperatura cai para 0°C ela começa e se solidificar, transformando-se em gelo. A atmosfera é composta de muitos gases, inclusive hidrogênio e oxigênio, essenciais para a vida  a água em estado gasoso que chamamos de umidade relativa do ar, a temperatura ideal média do ar estima-se que o ideal seria de 33°C, sabemos de regiões abaixo de zero e outras acima dos cinqüenta, geralmente o ar fica muito seco e dificulta a respiração, além de que a variação da temperatura da atmosfera coloca o ar em movimento.

Os Movimentos das Esferas Terrestres
Cada uma das esferas terrestres tem seus movimentos característicos desencadeados por fatores naturais, ou seja, sem o auxilio do homem. A terra é dinâmica, ela está em constante transformação, algumas muito rápidas e violentas, outras os seres humanos nem conseguem perceber.  Os movimentos rápidos, aqueles que o homem consegue observar,  alguns são muito perigosos e destruidores de tudo o que há sobre a litosfera.  A terra tem o seu tempo classificado como geológico, o ser humano conta seu tempo de forma cronológica. O tempo Geológico é medido pelas transformações ocorridas em períodos de milhares ou mesmo milhões de anos, o do homem é medido em fragmentos de segundos, segundos, minutos, horas, dias, anos, é aquele medido pelo relógio, também representado nos calendários.
Os movimentos da Litosfera em geral são muito lentos, levando muitos anos, as vezes milhares ou milhões de anos, são aqueles que formam as montanhas, a fragmentação dos continentes, o intemperismo formando vales, rebaixando morros ou montanhas , os mais rápidos conhecidos pelo homem são os vulcões, terremotos e  desmoronamentos, trazendo sempre algum prejuízo à humanidade.
A transformação da hidrosfera também tem alguns imperceptíveis e outros bem visíveis. Os imperceptíveis são o degelo ou a formação de gelo em algumas áreas da terra, progressivo ao longo de milhares de anos, alguns ocorrem em alguns anos  e podem ser observados comparando fotografias de tempos ou períodos diferentes. Os mais rápidos e contínuos são os movimentos dos oceanos, dos rios, a chuva, as enchentes  a neve e os vapores de água.
A Atmosfera tem sua transformação na quantidade de gases,  nas temperaturas,   na movimentação desses gases de uma região para outra. O homem pode ser responsabilizado pela transformação e movimentação quando produz e lança gases na atmosfera através das queimadas, combustão dos veículos, desmatamentos e tem também os de origem natural, a formação de massas de ar sejam as quentes ou as frias que provocam os ventos, os tornados, os ciclones, as tempestades tropicais, são movimentos da atmosfera.
Na maioria dos casos o movimento de uma provocará ou promoverá movimentos em outra é comum termos movimento nas três esferas ao mesmo tempo, ex: uma grande tempestade com ventos e desmoronamentos tem os gases se movimentando, a água da chuva e a terra
com rochas se desmoronando ou deslizando.
Um vulcão que abre crateras, lançando gases na atmosfera e lava no mar causando evaporação da água.
É comum nessa movimentação os materiais de uma esfera ser transferidos para outra, exemplo do clico das águas que com o calor se evapora, estes se incorporam como gases na atmosfera, quando se condensa chove voltando para a hidrosfera.
De forma bem simples na terra temos dois tempos, o geológico e o cronológico. O tempo geológico é medido pelas transformações ocorridas no planeta num período específico, geralmente em milhares de anos e é chamado de tempo longo.                                                                                                                                                                                                                                                    Na terra temos os períodos ou eras, cada um deles com uma característica, a mais antiga chamada de Pré-Cambriana, depois as Paleozóica,  Mesozóica e a mais recente chamada Cenozóica, portanto o tempo da natureza é um e dos humanos é outro, são bem diferentes.

CALEGARI, Luiz Maximo. Licenciado em Geografia pela FEF - Fundação Educacional de Fernandópolis – SP – Pós Graduado em Docência do Ensino Superior pelo IECInstituto Educacional Carapicuíba

AmorLegal.com

AmorLegal.com
Encontre seu AMOR Cadastre-se grátis no www.amorlegal.com

Menú

Visitas

Hora Certa

Seguidores

Pesquisar neste blog

Carregando...

Twitter

Facebook